Nossos Mestres

ADEMAR

Img 2391.profile

Ademar

Madeira
Jupi


Especialista na arte sacra, Mestre Ademar aprendeu o ofício com o sogro, no ano de 1973, em São Paulo. Antes disso, ele não teve nenhum contato com a madeira, usada hoje como principal matéria-prima dos seus trabalhos. Segundo Ademar Inácio dos Santos, sua história é fruto de mero acaso.  

“Antes de 1973 eu nunca tinho visto um artesanato feito em madeira. Um dia, por acaso, vi um cidadão trabalhando com carrancas, algo muito comum no eixo São Paulo - Rio de Janeiro, e achei interessante. Daí por diante não parei mais”.

Poucos anos depois, ele saiu de São Paulo e fez morada em Pernambuco, mais especificamente no município de Jupi, no Agreste do Estado, onde mora até hoje. Aqui em Pernambuco, o mestre é reconhecido pela técnica de envelhecimento da madeira e pela produção de animais em tamanhos reais, além de ser referência na criação de santos. Em suas criações, ele dá um acabamento diferenciado por meio de pinturas com folha de ouro.

“Vivi apenas da arte numa época em que isso era muito difícil. Posso dizer, hoje, que sou uma pessoa realizada no campo da área que escolhi: a arte sacra”. O legado de Ademar, que integra a Alameda dos Mestres da Fenearte desde 2010, está encravado na vida do seu filho, Cristiano, há 25 anos.

CONTATO 

Av. Tancredo Neves, 213, Jupi

(87) 3779.1127 l 99148.9919

Texto: Yasmim Dicastro l Fotos e vídeo: César de Almeida  




MÍDIA



Veja também:

- Acesse ao site do governo www.pe.gov.br
- www.fenearte.pe.gov.br