Nossos Mestres

JOEL GALDINO

Img 8720.profile

Joel Galdino

Barro
Caruaru


A história de Joel Galdino de Freitas com o barro começou aos seus nove anos de idade. Filho do famoso Mestre Galdino, falecido em 1996, ele teve forte influência do pai para trilhar a carreira. Mestre Joel Galdino, como é conhecido, gostava de prestar atenção em como o patriarca modelava o barro.  

“Lembro que na minha infância meu pai me pedia muito para aprender a arte dele. Ele queria ter um seguidor. Eu ficava meio nervoso, porque ele já era um mestre, mas conseguia desenrolar. Eu sentava ao lado dele e aprendia tudo. Foi assim que começou minha história com o barro”, relembra o artista.

Nascido em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, Joel morou dez anos em Vitória, capital do Espírito Santo, mas retornou a sua terra natal após a morte do pai. No Alto do Moura, local que é considerado o maior centro de artes figurativas das Américas, ele toma conta do Memorial Mestre Galdino em Caruaru, construído pela Prefeitura e pela Fundação da Cultura.

Em suas criações, ele tem as mais diversas inspirações. “Tenho inspirações em sonhos e nuvens. Eu olho pra nuvem e vejo um elefante, vejo um leão com asas, e aí eu começo a criar. Pra mim, hoje, a arte é um orgulho. Tenho prazer em levar o nome do meu pai e seguir o que ele deixou”.

Em 2012, Joel Galdino integrou a Alameda dos Mestres da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), maior evento do segmento artesanal em toda América Latina, que acontece todos os anos no Pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

CONTATO 

Rua São Sebastião, 332, Alto do Moura – Caruaru/PE

(81) 3722.1877


Texto: Yasmim Dicastro l Fotos e vídeo: César de Almeida




MÍDIA



Veja também:

- Acesse ao site do governo www.pe.gov.br
- www.fenearte.pe.gov.br