Nossos Mestres

WAGNER PORTO

Img 2325.profile

Wagner Porto

Madeira
Garanhuns


“Eu comecei na arte desde que me entendo de gente”. Essa frase resume bem toda a trajetória de Wagner Porto Cruz, mais conhecido como Mestre Wagner Porto. Nascido em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, ele é um verdadeiro artista multidisciplinar: faz mamulengo, esculturas em madeira e artesanato com produtos recicláveis.  

Wagner nasceu em 1975 e mora no município de Garanhuns, no Agreste do Estado, há quase 18 anos, onde mantém seu ateliê para confecção de suas peças. A mãe dele foi uma grande influenciadora em sua trajetória. “Minha mãe era uma grande costureira, e eu prestava muita atenção no trabalho dela. Ela me dava uns pedaços de tecido pra eu ficar quieto e aí eu comecei a pintar e ficava surpreso como podemos fazer várias coisas com um pedaço de pano”.  

Logo depois, ele passou a pintar pedaços de cerâmica. “Eu fazia vários desenhos e aquilo foi me empolgando. Passei a vender as cerâmicas pintadas na Praia de Olinda e também no Alto da Sé, e comecei a ganhar meu dinheiro”. Mas foi aos 12 anos que Wagner conheceu a sua maior paixão - os mamulengos - quando começou a tocar numa ciranda em Olinda. Desde então não parou mais.  

“O mamulengo é uma arte múltipla, a gente trabalha com escultura, com pintura, com costura, com música, com teatro, com dança, então, quem é mamulengueiro nunca tá fazendo uma coisa só. Dentro do mamulengo a gente tá trabalhando com diversas coisas e isso é bem legal, porque a gente não cansa de fazer”.  

Atualmente, as peças do Mestre Wagner Porto, que está na Fenearte desde a 3º edição do evento, podem ser encontradas no Centro do Artesanato do Recife, na Fenearte, e também em seu ateliê, em Garanhuns.  

CONTATO

Sítio Inhuma, s/n, Zona Rural de Garanhuns

(87) 99612.2579


Texto: Yasmim Dicastro l Fotos e vídeo: César de Almeida  




MÍDIA



Veja também:

- Acesse ao site do governo www.pe.gov.br
- www.fenearte.pe.gov.br